Comentário de Armando Silva Afonso: Andamos a beber xixi de dinossáurio?

15.07.2016

Parece que sim…

 

Segundo Charles Fisherman, autor de "The Big Thirst: The Secret Life and Turbulent Future of Water", as moléculas de água são extremamente resistentes e é provável que todas as moléculas de água atualmente existentes sejam as mesmas desde há 4,5 bilhões de anos, ou seja, desde que existe água na Terra.

 

O Homem existe na Terra apenas há 200 mil anos, mas os dinossáurios viveram durante 186 milhões de anos, e, nesse longo período de tempo, é muito provável que os dinossauros tenham bebido, pelo menos uma vez, todas as moléculas de água disponíveis. Por isso, Fisherman diz que a espécie humana não teve ainda tempo nem um número suficiente de habitantes no planeta para processar toda a água da Terra, mas acredita que, durante a longa era Mesozoica, toda a água do planeta passou pelos rins de um Dinossáurio.

 

Quer se trate da torneira, filtrada, mineral, engarrafada, gasosa ou proveniente de um glaciar, ela terá sido um dejeto líquido de um animal pré-histórico… Por isso Fisherman conclui que “cada garrafa de água de marca que você bebe será provavelmente xixi de um Tiranossauros Rex”!…

 

Armando Silva Afonso é professor da Universidade de Aveiro e fundador e atual presidente da direção da ANQIP (Associação Nacional para a Qualidade nas Instalações Prediais).

TAGS: comentário , Armando Silva Afonso , eficiência energética , eficiência hídrica
Vai gostar de ver
VOLTAR