Comentário Carmen Lemos: "+ Património +Turismo"

15.06.2016

O Turismo é claramente um sector que está a viver um bom momento com números recordes de turistas e receitas. Este crescimento tem estado a impulsionar a economia aos mais diversos níveis e são diversas as notícias de acções em curso.

 

No âmbito da reabilitação urbana acabou de ser assinado o Fundo Nacional de Reabilitação do Edificado, anunciado em Abril, onde podem participar entidades públicas e privadas com o propósito de recuperar e rentabilizar património.

 

O ministro da Economia, na abertura do período de consulta pública da “Estratégia Turismo 2027” que decorreu em Maio em Tomar, anunciou a criação de um programa de recuperação e abertura à visitação de muito património natural, histórico e edificado que se encontra fechado e que é um factor fundamental na atractividade dos locais para a visitação.

 

Paralelamente no sector empresarial o Turismo de Portugal e a Portugal Ventures vão lançar o programa + Património+Turismo, (candidaturas a decorrer de 16 Junho a 31 de Julho) destinado a start-ups e a alargar e diversificar o campo da oferta turística no quadro Cultura/Natureza o qual pode e deve abranger campos tão diversos como arte, arquitectura, enoturismo, gastronomia, turismo de aventura e turismo Activo.

 

São actuações que abrangem um leque variado de destinatários e campos de oferta, do urbano ao rural, do público ao privado e podem contribuir para gerar boas dinâmicas de investimento com valor acrescentado.

 

Carmen Lemos é arquitecta, possui uma pós-graduação em Recuperação de Centros Urbanos pela ETAC/UNESCO, um curso de Gestão Pública na Administração Local/CEFA e é técnica superior na área do Planeamento.

TAGS: Carmen Lemos , turismo , território , património
Vai gostar de ver
VOLTAR