Comentário de Manuela Synek: "Por dentro de uma mente criativa no mundo dos arquitetos"

30.05.2016

Ainda vai a tempo de desfrutar a exposição Inside a Creative Mind na Gulbenkian. A disciplina da arquitetura está a ter atualmente uma presença como centro de reflexão no panorama expositivo. A ideia fulcral desta mostra é desvendar o processo criativo e os bastidores do trabalho do arquiteto, através de desenhos, fotografias e maquetas que trazem algo de misterioso. Isto porque, vai ao encontro do universo do interior onde as ideias prevalecem em detrimento da obra propriamente dita.

 

Siza Vieira fala do seu trabalho como um processo continuum, quando uma obra se concretiza, depois de muitos obstáculos fica a memória maravilhosa, fazendo esquecer a memória dolorosa. A cada um dos autores: Siza Vieira; Souto de Moura; G. Byrne; J. L. Carrilho da Graça; irmãos Aires Mateus; José e Nuno Mateus e Inês Lobo foi pedido que escolhessem um único projeto já finalizado ou em fase de ultimação.

 

Paralelamente foram produzidos filmes por Catarina Mourão e conversas com a curadora Lobato de Faria por forma a tornar mais claro o nascimento das obras num ambiente especialmente envolvente e contagiante. O arquiteto imagina sempre sem ter presente a sua obra, e quando o projeto se materializa também é para ele a primeira vez que o vê, explica a comissária.

 

O ícone da mostra é representado por cubos gigantes concebidos por Mariano Piçarra, um colocado no exterior e o outro no seu interior, estando este suspenso, simbolizando a volumetria marcando de uma forma inesperada o território do percurso.   

 

Manuela Synek é historiadora e crítica de arte. A autora escreve, por opção, ao abrigo do novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.

TAGS: Comentário , Manuela Synek , espaço urbano
Vai gostar de ver
VOLTAR