Comentário Filipa Montalvo: "Equipamento urbano para crianças – a importância de conhecer as personalidades infantis"

22.10.2015

Quando de projecta para crianças, uma boa base de trabalho, será ter em conta que as crianças têm uma personalidade vincada que influenciará directamente a forma como brincam e usam os espaços. Assim, através de um estudo desenvolvido por psicólogos escolares e o psicoterapeuta infantil, Dr. C Kaniak-Urban, foi possível categorizar as crianças em 4 grandes grupos, reflectindo-se esta standerização nos requerimentos de tipo de jogo e brincadeiras.

 

Usando caracterizações distintas, estabeleceram-se quatro classificações com o intuito de providenciar orientação e valiosas linhas mestras na escolha de um equipamento infantil:

A criança inteligente, ou:

A arte de adquirir controle através do conhecimento

“Eu sou inteligente e competente”

A criança inteligente usa o seu intelecto para encontrar orientação no Mundo; procuram constantemente explicações para tudo em seu redor. Nascem exploradores e cientistas em crescimento. Exigem bastante de si mesmos e esforçam-se fervorosamente para atingir as suas próprias expectativas.

 

A criança aventureira, ou:

A arte da experiência

“Eu sou corajoso e adoro acção”

Crianças aventureiras são caracterizadas por uma grande necessidade de actividade física e pela busca de desafios. Elas são totalmente conscientes do seu ambiente e focam-se sempre na acção. Gostam de brincar ao ar livre e adoram desporto.

 

A criança sensível, ou:

A arte da empatia

“Eu sou uma pessoa preciosa”

Crianças sensíveis são indivíduos emocionais com comportamentos sociais bastante desenvolvidos, com intuição e empatia pelos outros.

Adoram sonhar e viver num mundo de imaginação. Próximos, as relações emocionais com os outros são uma necessidade básica para elas. Estas crianças procuram harmonia, são muito criativas e têm excelentes capacidades de comunicação.

 

A criança respeitadora, ou:

A arte de ser útil

“Eu sou uma pessoa útil”

Crianças respeitadoras gostam que lhes sejam dadas orientações claras. Assumem voluntariamente tarefas e executam-nas prontamente com ânsia de ajudar, permitindo uma integração perfeita dentro de um grupo. Têm excelentes capacidades sociais e são competentes como jogadores em equipa.

 

Inevitavelmente, todos irão reconhecer alguma característica de si mesmos entre os 4 diferentes papéis – a criança Inteligente, o obediente, o propenso à acção e a criança criativa – alguns serão obviamente a mistura de um ou mais.

Dever-se-á portanto, ter em atenção às componentes dos equipamentos e a sua versatilidade, de forma a permitir que todos os tipos de criança, de acordo com a sua personalidade, possam encontrar motivação e prazer num espaço de jogo e recreio.

 

Filipa Montalvo é arquitecta paisagista e responsável do Departamento de Orçamentação, Projecto e Departamento Comercial na Vedap

TAGS: comentário , Filipa Montalvo , personalidades infantis
Vai gostar de ver
VOLTAR